Anuncie Aqui    |    Denuncie    |    Contato    
 
 
 
 
 
 
 
 
 
   
Bem Vindo ao Nortão Notícias, 24 de Agosto de 2017
Pesquisar no site
POLÍCIA
     
12 de Agosto, 2017 - 18:16
Guarda de trânsito e advogado são detidos por invadirem casa em busca de suposto ladrão em MT

Um guarda municipal de trânsito de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, e um advogado foram detidos neste sábado (12) por invadirem uma residência naquele município e ameaça a uma moradora. Eles estavam armados e pularam o muro da casa, segundo o boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar.

Em nota, a Prefeitura de Várzea Grande informou que o servidor está em férias. Segundo a prefeitura, a conduta dele será apurada por meio de Processo Administrativo Disciplinar.

A moradora disseram à Polícia Militar que eles diziam que estavam procurando um homem que teria furtado a pasta que estava dentro de um veículo estacionado em frente ao escritório do advogado, nessa sexta-feira (11). Na residência, segundo ela relatou à polícia, o advogado se dizia membro de uma facção criminosa, insistiu em saber o paradeiro dessa pessoa e tentou agredi-la.

Depois que eles deixaram a casa, as vítimas entraram em contato com a polícia. Uma moradora alegou que não conhecia o advogado, mas depois informou que suspeitava que ele estivesse em uma casa onde estava tendo uma festa. Os policiais foram até esse local, que dava acesso aos fundos do escritório do suspeito.

"O suspeito estava deitado desacordado, fingindo que estava dormindo no último cômodo da casa. Ao ser acordado o mesmo apresentava o nariz cheio de pó branco não identificado e arranhões nos braços. Agindo de forma hostil, passou a agir de forma ríspida, proferindo dizeres, tais como: “foda-se a PM, ninguém vai entrar na minha casa“, e se trancou em uma das salas do escritório", diz trecho do boletim de ocorrência da PM.

Ele se recusou a abrir a porta e, por causa disso, os policiais a arrombaram. No local também foi encontrado o guarda municipal suspeito de invadir a casa. Eles tentaram resistir à prisão e os policiais tiveram que usar técnicas para imobilização e algemas.

Um chinelo do advogado foi encontrado na sala da casa das vítimas. As armas que eles usaram durante a invasão, no entanto, não foram encontradas.

Eles foram encaminhados à Polícia Civil e autuados pelos crimes de ameaça, violação de domicílio, desobediência, resistência à prisão e porte ilegal de arma de fogo.

Fonte: G1MT
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
POLÍCIA
23/08/2017
22/08/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
ENQUETES
VARIEDADES
OPINIÕES
NOTÍCIAS
Copyright © 2010 - Nortão Notícias
Quem Somos  |  Denuncie  |  Contato

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player