Anuncie Aqui    |    Denuncie    |    Contato    
 
 
 
 
 
 
 
 
 
   
Bem Vindo ao Nortão Notícias, 17 de Outubro de 2017
Pesquisar no site
OPINIÕES
     
20/01/2015
Salgadeira e Chapada! tesouro abandonado
O município de Chapada dos Guimarães é sem duvidas um ambiente extraordinário e guarda riquezas naturais de rara beleza. Posicionado no centro geodésico da América do Sul distante cerca de 60 quilômetros da capital mato-grossense, elevando-se a uma altitude de780 metros, é um lugar belíssimo.

Dentre os 141 municípios que compõem o estado de mato grosso, o município de Chapada dos Guimarães já deteve o título de maior município do mundo, com área de terras contínua de 270 mil quilômetros quadrados de extensão territorial.

Embora tenha reduzido o tamanho de sua área territorial, ele continua se destacando nos mundos biótico e abiótico, abrigando 59 nascentes hídricas, 487 cachoeiras e 38 espécies vegetais endêmicas, é ou não o jardim do éden, ou seja, dos privilegiados mato-grossenses, porque não?
Reconhecido nacional e internacionalmente por suas belezas naturais escarpas, paredões, cavernas, recursos hídricos, recursos florestais, edáficos, minerais... Você poder estar na Austrália, no México, USA, na Espanha... A mídia mundial continua focando este presente de Deus aos mato-grossense.

Embora seja um singular paraíso, interligado a capital, ele ainda não foi mirado pelos gestores públicos, pela grandeza que representa. As diferentes esferas de governos não conseguiram visualizar o potencial ambiental, econômico, turístico e social desse tesouro, maneiras de preservá-lo e dele usufruir racionalmente, sem agressão gratuita ao meio ambiente.  

Um fatídico exemplo, do que falamos pode ser visto no conhecido complexo da “salgadeira”. A cerca de uma década aquele extraordinário ambiente natural se encontra abandonada jogada ao léu, cercada com folha de zinco, mais parecendo uma favela rural no meio do paraíso.

E o mais chocante de tudo, contrastando acintosamente com paisagem de raríssima beleza, entre escarpas, paredões, cachoeiras, serra e morrarias que o mundo inteiro conhece, contempla e admira. É ou não, um descalabro, municipal, estadual, nacional? um desleixo geral?

Durante a realização da copa do mundo de futebol de 2014, realizada no Brasil, com jogos em mato grosso, os turistas que aqui aportaram, tiveram o desprazer apos os jogos de saírem do estado, chateados, frustrados... Em ver a situação que se encontra a querida Chapada dos Guimarães, tão bela e tão abandonada. Uma vergonha a mais, não? Mais uma vergonha a ser computada, não?  

A sociedade humana mato-grossense e a vida na sua essência não merece um acinte desse magnitude! Cadê os gestores públicos das diferentes esferas de governos, responsáveis? Cadê o ministério público que não consegue mirar a questão com mais objetividade?
Infelizmente os governantes não conseguem dimensionar a extraordinária riqueza natural que o estado disponibiliza e dela usufruí-la com racionalidade sem agressão gratuita ao meio ambiente. Falta gestão nesse processo.

Há três décadas pesquiso a biogeografia regional visando entender a ação humana e suas atividades no ecossistema em tela. Nesse viés há que se preocupar com o acelerado processo de agressão dos últimos tempos.
Romildo Gonçalves é biólogo, Mestre e doutorando em Agric. Tropical. Ufmt.
Por: Romildo Gonçalves
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
OPINIÕES
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
ENQUETES
VARIEDADES
OPINIÕES
NOTÍCIAS
Copyright © 2010 - Nortão Notícias
Quem Somos  |  Denuncie  |  Contato

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player